quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

Os Estados Unidos no Século XIX - Resumo


Uma Soirée no hotel Caillebotte (1878)

No século XIX, os EUA se tornaram uma grande potência industrial. Os territórios do Oeste foram tomados dos índios (vítimas de horríveis massacres) e ocupados por imi­grantes europeus. Mas o país continuava di­vidido em estados do Norte (baseados em pequenas e médias fazendas, indústrias, tra­balho livre, voltados para o mercado inter­no) e os estados do Sul (baseados no lati­fúndio monocultor, no trabalho escravo, voltados para o mercado externo). Os lati­fundiários sulistas temiam a abolição da es­cravatura e não aceitavam o protecionismo alfandegário. Quando Abraham Lincoln foi eleito presidente, os estados do Sul declararam a secessão (separação). Estourou a Guerra Civil (1861-1865), que terminou com a vitória dos nortistas.
No final do século XIX, os EUA já tinham se tornado um país altamente industrializado e imperialista. As companhias norte-america- nas investiram principalmente no México e nos países da América Central. Quando a situação em um desses países prejudicava os investidores norte-americanos, o governo dos EUA enviava os fuzileiros navais (mariners). As intervenções militares do imperia­lismo norte-americano foram chamadas de política do Big Stick (“porrete”).

Quem sou eu

Minha foto

Sou um jovem estudando à procura de uma odisséia virtual.